Bem-vindo ao novo site
Clube da Maturidade

para quem tem Maisde50

Clube da Maturidade

Faça seu Login entrar

saúde e bem-estar

VOLTAR

Participe das nossas redes sociais

Herpes genital
saúde e bem-estar

Herpes genital

O que é e como tratar

O herpes é uma doença contagiosa e infelizmente não tem cura. Especialmente o herpes genital é passado de uma pessoa para outra em um contato mais íntimo, como no contacto genital direto com a superfície da pele ou secreções de uma pessoa infetada. A transmissão pode ocorrer durante uma relação sexual, incluvise no sexo oral. Não é necessário que haja feridas ativas no momento da relação para que ocorra essa transmissão. O vírus permanece no hospedeiro por toda vida. 

Existem dois tipos de vírus da herpes simples: o VHS-1 e VHS-2. Embora ao longo da história a herpes genital tenha sido causada principalmente pelo VHS-2, a herpes por VHS-1 tem-se tornado cada vez mais comum.

Durante a fase aguda pode ser observado o aparecimento de pequenas bolhas que se rompem realizando a contaminação à area em contato. Há coceira, ardência e uma leve vermelhidão ao redor dessas bolhas. Esses sintomas podem variar muito de uma pessoa para outra podendo surgir em aproximadamente 4 a 15 dias após a exposição com o vírus. Passado um período de aproximadamente 7 a 15 dias, as incômodas lesões herpéticas cicatrizam sem deixar seqüelas.

O tratamento pode ser feito com antivirais que podem, no entanto, prevenir novos episódios ou encurtar a duração dos episódios quando estes ocorrem. Podendo ser em forma de comprimidos e ainda em creme para ação local.

Em 2015, cerca de 846 milhões de pessoas, ou 12% da população mundial, tinham herpes genital. 

Sabemos que o herpes não tem cura. Portanto, a prevenção é a melhor forma de combatê-lo. Procure se manter atento à sua saúde e tente submeter seu organismo ao mínimo stress possível. Não é à toa que muios episódios da doença surgem após picos de stress. Quando em tempos das bolhas ativas, lembre-se que elas são as grandes responsáveis pela contaminação de outras áreas, então evite contaminar outras partes do corpo lavando sempre as mãos quando tocar nas lesões ativas. Procure não fazer sexo quando a doença estiver em atividade (com as bolhas aparentes) e use sempre use a camisinha durante o ato sexual.

Camisinha não é apenas para os jovens! Doenças como o herpes genital, por exemplo, não tem idade para aparecer! Cuide-se!

 

 

FONTE: Equipe de Edição - Clube da Maturidade / Fonte: Wikipedia / Foto: Notibras
publicado em 22/07/2018 12:31:00

Faça Seu Login para comentar este artigo

Comentários do artigo

Vehuel-rj em 22/07/2018 22:32:00

Informação extremamente útil.

Faça Seu Login para responder este comentário

vaninha em 23/07/2018 01:44:00

Informação muito útil.

Faça Seu Login para responder este comentário

limonada em 27/07/2018 22:25:00

muito bom legal

Faça Seu Login para responder este comentário