Bem-vindo ao novo site
Clube da Maturidade

para quem tem Maisde50

Clube da Maturidade

Faça seu Login entrar

mente em terapia

VOLTAR

Participe das nossas redes sociais

Sentir-se só...A diferença de cada solidão
mente em terapia

Sentir-se só...A diferença de cada solidão

Ser só, Estar só ou Sentir-se só?...A diferença de cada solidão

Ainda que a palavra "solidão" seja usada para descrever uma circunstância de quem se vê só, sem companhia, afastado do convívio diário com outras pessoas, ela não referencia apenas um isolamento social como possa parecer.

Embora aparentemente simples, essa condição vivencial pode ocultar uma questão muito mais complexa.

Quando alguém é só, por livre escolha, raramente descreve seu viver como solitário, mas sim como independente, livre para decidir, planejar, resolver, acertar e errar... só! sem interferências...

Em geral essas pessoas são jovens, gostam de ser só, mas quando querem dividir com alguém, sempre sabem como fazer, talvez porque disponham de mais ferramentas.

O estar só é uma condição temporal e, portanto, dispensa maiores citações. Alguém está só por algumas horas, dias, meses ou ano, mas convive com a possibilidade de a qualquer momento deixar de estar e, em geral, tal experiência não incomoda.

Diferentemente dessas ou daquelas, há pessoas em que o ser só representa uma condição imposta por diferentes circunstâncias existenciais, onde descrevem uma vida vazia, pobre de emoções saudáveis a maioria já não é tão jovem e costuma responsabilizar o tempo por ter lhe roubado além da vitalidade física, a jovialidade da alma.

Essas pessoas se queixam de uma profunda carência afetiva e diz já não mais suportar o próprio eco.

Para alguns teóricos o ser só é condição original de todo ser humano.

Mas, quando o ser só representa uma vivência sem opção, gera um estado tão emocional quanto a tristeza, a decepção ou o medo... o sujeito não se percebe apenas como alguém que é só ou está só ele...sente-se só experimentando um terrível sentimento de rejeição.

Importante observar que a sensação de sentir-se só, independe da condição real de se estar ou não acompanhado.

Quem já não soube de alguém que mesmo estando junto de uma ou muitas pessoas, sentiu-se só... perdido...abandonado?

Por que isso acontece?

Porque a solidão do sentir-se só, tem uma carga muito mais emocional do que a realidade permite.

Porque cada um é responsável por sua própria solidão, mas... reconhecer não é nada fácil.

Porque, muitas vezes, só com uma orientação profissional (psicólogo), é possível reconhecer a si próprio e entender o quanto a solidão esconde uma extrema incapacidade de relacionar-se com o outro e consigo mesmo.

A solidão do sentir-se só é uma das mais desestabilizante sensações humanas, precisa ser cuidadosamente assistida.

Através de uma psicoterapia, a pessoa aprende a resignificar a vida, reavaliar conceitos e preconceitos, minimizar suas próprias queixas, rever valores e sentir que a solidão não precisa ser um estado permanente de abandono.

 

FONTE: Dra. Angela Corrêa (Psicóloga Clínica)
publicado em 15/06/2018 19:37:00

Faça Seu Login para comentar este artigo

Comentários do artigo

Nice em 20/08/2018 23:11:00

Existem pessoas sós por opção. Para elas, solidão representa liberdade e outras que sofrem com isso. Estas devem procurar ajuda psicológica para sairem da solidão e serem mais felizes.

Regina Célia em 28/09/2018 23:19:00

Solidão... Muito bom o texto de Chico Buarque que diz que solidão é perder-se de si mesmo. Concordo. A alma plena nunca é só. Além disso, vivemos na ditadura dos relacionamentos (vide este site kkkk). Parece que a vida não tem sentido quando se está fora de um. Na minha opinião, encontrar-se a si mesmo ilumina a existência. Não há como ser só.

Faça Seu Login para responder este comentário

Regina Célia em 28/09/2018 23:19:00

Solidão... Muito bom o texto de Chico Buarque que diz que solidão é perder-se de si mesmo. Concordo. A alma plena nunca é só. Além disso, vivemos na ditadura dos relacionamentos (vide este site kkkk). Parece que a vida não tem sentido quando se está fora de um. Na minha opinião, encontrar-se a si mesmo ilumina a existência. Não há como ser só.

Faça Seu Login para responder este comentário