Bem-vindo ao novo site
Clube da Maturidade

para quem tem Maisde50

Clube da Maturidade

Faça seu Login entrar

maturidade

VOLTAR

Participe das nossas redes sociais

Viúvo e solitário
maturidade

Viúvo e solitário

Encarar a perda de um cônjuge pode ser mais difícil para os homens

A dor de perder uma pessoa querida pode ser muito intensa e duradoura. A morte de um cônjuge pode ser considerda uma das situações mais difíceis da vida adulta e especialmente para os homens.

Se sentir desorientado e sem chão, pode ser mais comum do que muitos imaginam. Perder a companheira, a pessoa que passava tantas horas do dia ao seu lado, pode ser muito difícil para quem ficou e dar a volta por cima para recomeçar a vida é necessário, mesmo sendo muito difícil.

Pedir ajuda, dizer que está desorientado ou em aflição é muito mais difícil para o público masculino, sem dúvida alguma. Já repararam quando um homem está procurando por um endereço ele geralmente reluta em perguntar algo a alguém? Isso mostra bem como os homens lidam com momentos de insegurança: eles tentam achar seu caminho pelos próprios meios, sem pedir ajuda, pois isso os deixaria mais vulneráveis ou inseguros.

De acordo com os especialistas no assunto, os homens têm mais dificuldade em superar o luto, se comparamos com as mulheres que também sofreram essa mesma dor. Isso é facilmente percebido nos problemas de saúde. Os homens passam mais tempo deprimidos e assim iniciam problemas de saúde ligados ao aspecto emocional.

Muitos tentam "camuflar" sua dor evitando falar no assunto ou simplesmente exagerando nas horas do trabalho, com a intenção de fugir da realidade. De acordo com os psicanalístas que tratam assuntos assim, quanto mais se evitar falar ou vivenciar o luto, maior será o tempo que essa pessoa sofrerá ou ainda maior será o tempo para ela recomeçar sua vida.

Todos precisamos dar uma nova chance à felicidade. A vida é muito curta e temos a obrigação de tentar vivê-la da melhor maneira possível! 

FONTE: Equipe de Edição - Clube da Maturidade
publicado em 07/09/2018 21:00:00

Faça Seu Login para comentar este artigo

Comentários do artigo

Maria do Carmo em 11/09/2018 05:21:00

Deixar o luto para seguir em frente é difícil principalmente se o relacionamento foi longo e feliz. Reaprender a ser solteiro é um desafio enorme.

Fatima
Jorge
em 21/09/2018 09:44:00

Estou viúva há pouco mais de dois anos, tentando reaprender a ser solteira. Não esta sendo fácil, mas tenho esperança, que vou conseguir!

Morgana em 25/09/2018 22:00:00

Os amigos ajudam muito.

Zeze Pimentel em 23/10/2018 20:03:00

A perda do companheiro é muito difícil, você esta acostumado a ser dois, participar com casais amigos de reuniões e de repente você está só. Aprender a ser solteira não é facil mas o tempo dá a maior ajuda, só ele para cumprir essa tarefa.

ARACHIN em 20/11/2018 11:35:00

Viúva à 20 anos, só o tempo ajuda. Vc se acostuma com a sua companhia e acaba por gostar da liberdade. Claro que em alguns momentos fica ruim mas é superado. Boa sorte meninas e meninos. Um gde abraço

Marluce em 24/11/2018 10:57:00

Não passei por essa experiência mas, acredito ser muito doloroso .Temos que acreditar que dias melhores virão.

Faça Seu Login para responder este comentário

Maria do Carmo em 24/09/2018 07:01:00

É bastante difícil o corte desse laço que não se rompe com a morte. Essa perda exige um tempo longo de luto,de aquietação até que se consiga digerir o fato. Em média,esse stop é de 3 anos,embora algumas pessoas consigam fazer uma recuperação mais rápida.

Faça Seu Login para responder este comentário

Morgana em 25/09/2018 21:59:00

Perder alguém é sempre muito difícil é viver o luto é fundamental para seguir adiante.

Faça Seu Login para responder este comentário

Ninnajf59 em 28/09/2018 20:59:00

A perda é difícil para ambos mas de fato geralmente a mulher busca trabalhos voluntários, grupos de viagens, trabalhos e várias alternativas que ajudam a sair do luto em menos tempo. Mas não é uma regra para todas mulheres.

Faça Seu Login para responder este comentário

Biassay em 05/10/2018 13:42:00

Vejo a perca do conjugue, sendo difícil pra ambos, mas acredito que nesse caso a mulher sofre mais, por mil razões que não vou citar aqui. Falo isso por experiência própria. Há Homens, que não esperam um mês pra arrumar outra pessoa, ao contrário a mulher sempre demora mais, sente mais, respeita mais...

Chuguandy70 em 30/10/2018 16:15:00

Deus te abençoe e ajude a suportar essa perda. A mãe do meu filho, hoje com 23 anos estava morando longe quando "partiu", eu nem sabia da sua doença. Estávamos separados por causa da perda de emprego de minha parte, e naquela época não tinha como sustentar a família, porem, aos poucos fui me firmando novamente, porem, ela ficou com essa doença que não perdoa mesmo, apesar de poder ser tratada, porem, que acaba vencendo. Já era terceira vez que enfrentava essa situação.

ARACHIN em 20/11/2018 11:39:00

Muita força à Vc Chuguandy70 e muita luz para ela. É preciso seguir. Um forte abraço!

Faça Seu Login para responder este comentário

Didi em 07/10/2018 07:27:00

Reinventar a vida depois do luto é o grande desafio...

malafaia em 15/10/2018 15:59:00

o desafio é sempre o mesmo reinventar-se não é fácil e com a perca do ente querido mais difícil. mas e uma questão muito pessoal pra muita gente dar pitaco. minha opniao sorrir para a vida e estar aberta a novos relacionamentos.

Faça Seu Login para responder este comentário

Anuska em 11/10/2018 07:13:00

Independente da perda por morte, quando um relacionamento acaba, sempre deixa uma sensação de luto, o que poderia ter sido feito, o que poderia ter sido evitado. A dúvida sempre aparece para novas conquistas. Faz parte, acho que vale a pena tentar.

Faça Seu Login para responder este comentário

Morena flor morena em 14/10/2018 06:50:00

Muito interessante

Faça Seu Login para responder este comentário

Flora06 em 03/11/2018 19:49:00

Eu aprendi a cinviver com a dor da perda, acredito que não exista cura pra essa perda.

Faça Seu Login para responder este comentário